Menu

Grupo Conviver e Renovar realiza encerramento das atividades


O Grupo da Terceira Idade de Casca, Conviver e Renovar, realizou o encerramento das atividades na quarta-feira, 04.


Os presentes assistiram apresentações musicais e de dança. Ao meio dia foi servido almoço. Participaram do evento o Prefeito Domingos Kujawa, Vice-Prefeito Leandro Simonetto, Presidente da Câmara de Vereadores Eraldo Soccol, Pároco Luiz Signor, Assistente Social Kelly Pastre, Presidente do Grupo Adir Andretta, membros da diretoria e mais de 160 associados. O almoço foi todo custeado com recursos do grupo.


Os grupos são disponibilizados pela Administração Municipal através do CRAS.


*Assessoria

RS terá sol e calor nesta terça-feira


O sol aparece entre nuvens ao longo desta terça-feira no Rio Grande do Sul. Segundo a MetSul Meteorologia, ainda há a possibilidade de chuva isolada na segunda metade do dia em alguns pontos do Noroeste e Norte do Estado.


Os termômetros devem oscilar nesta terça-feira registrando frio pela manhã e calor intenso de tarde. Algumas regiões devem ter marcas abaixo do normal para o mês de dezembro. É o caso da cidade de Ausentes que deve registrar temperatura mínima de 6ºC nas primeiras horas do dia e 24ºC durante a tarde. Já as máximas mais altas devem ocorrer em São Miguel das Missões e Cruz Alta com 31ºC. Na Capital a temperatura mínima deve ser de 14ºC e a máxima de 28ºC.


Ainda conforme a MetSul, o contraste térmico entre o ar mais frio na Costa e mais quente no Continente, o vento tende a ficar mais intenso, sobretudo da tarde para a noite.



Nesta sexta, 06, em Casca acontece a X Cantilena Di Natale.

Apartir das 20:30, na Casa da Cultura.




Assaltantes fogem da polícia com reféns em capô de caminhonete em SC


Pelo menos sete pessoas foram feitas reféns e usadas como escudo humano por um grupo criminoso em Vidal Ramos, no Vale do Itajaí, durante um assalto a agências bancárias na manhã desta quarta-feira (4). Dois homens ficaram feridos e ninguém foi preso. No início da tarde, os reféns já haviam sido liberados. Até as 15h30, a polícia buscava os criminosos.


De acordo com a Polícia Militar, por volta das 11h o grupo fez vários disparos para assustar os moradores do município de pouco mais de 6 mil habitantes. Eles chegaram a fazer um escudo humano na frente das duas agências: um banco e uma cooperativa de crédito.


A cooperativa Cresol afirmou através da assessoria de imprensa que presta toda a assistência necessária aos funcionários e clientes que estavam na agência quando houve o assalto. Em nota, a cooperativa afirmou ainda que "A Cresol tem adotado como política não informar valores subtraídos para não comprometer a investigação e afirma que ninguém terá prejuízos".


A princípio, havia pelo menos quatro criminosos com armas longas, conforme a PM. Os assaltantes fugiram em uma caminhonete preta com reféns: dois ficaram deitados de bruços no capô, uma pessoa na lateral esquerda do carro e outras três na caçamba. A PM diz que ainda havia um sétimo refém (veja o vídeo acima).


A polícia ainda não explicou por quanto tempo os reféns ficaram nessa situação, ou para onde foram levados. A Delegacia de Polícia de Ituporanga, que fica a cerca de 30 quilômetros de Vidal Ramos, informou que os reféns já foram liberados, mas não deu detalhes sobre como isso aconteceu.


Outros dois veículos também foram usados no assalto, segundo a PM. Na fuga, os criminosos atearam fogo em pelo menos três veículos para atrapalhar a passagem de viaturas, sendo um caminhão, a caminhonete utilizada na fuga com os reféns e mais um carro.


O caminhão foi queimado na SC-110 e os bombeiros controlaram as chamas. A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Aurora registrou filas no local, pois os dois sentidos da rodovia ficaram bloqueados. Um guincho retirou o caminhão incendiado da SC-110 e o trânsito foi liberado por volta das 15h.


Já a caminhonete preta utilizada para fugir do Centro de Vidal Ramos com os reféns foi incendiada pelos criminosos na localidade de Chapadão do Tigre, no interior de Vidal Ramos. Outro carro também foi encontrado incendiado em uma estrada rural na região.


Até as 15h30, as polícias Militar e Civil faziam buscam pelos criminosos. Helicópteros da PM vindos de Florianópolis, Joinville, no Norte do estado, e Balneário Camboriú, no Litoral Norte, atuavam na ocorrência.


Vítimas e reféns


Ao menos dois homens ficaram feridos durante o assalto, conforme a PM. Um deles, o gerente de uma das agências, levou um tiro no pé. A outra vítima sofreu ferimentos mais graves – as equipes de resgate não deram detalhes sobre isso.


Às 14h, o homem em estado mais grave foi deixado pela equipe do helicóptero Arcanjo, dos bombeiros, no hospital de Ituporanga. Segundo eles, ambulâncias de cidades vizinhas não conseguiram chegar a Vidal Ramos para socorrer as vítimas por causa do caminhão incendiado. A PM informou às 15h15 que os dois feridos estavam bem.


Por G1 SC


Chuvas Em protesto contra pacote de medidas do governo estadual, delegacias estão sem atendimento no RS


Policiais Civis de todo o Estado paralisaram os serviços em protesto contra o pacote do governo do Estado que prevê redução de salários e aumento da alíquota de contribuição a Previdência Social. A paralisação começou às 8h desta quarta-feira (13) e prossegue até às 18h de quinta-feira (14).


Na Uirapuru, o presidente do Sindicato dos Agentes da Polícia Civil do RS (Ugeirm), Isaac Ortiz, afirmou que se houver algum caso mais grave será atendido. A orientação aos policiais é ficar em frente as delegacias orientando a população sobre os motivos da paralisação. Ainda segundo Ortiz, no dia 14 será realizado um ato unificado, com todas as categorias do serviço público gaúcho em repúdio as medidas propostas pelo Estado e o indicativo de greve será discutido.


Ele ressalta que a indignação passou dos limites, chegou a comoção, pois atinge as famílias dos servidores da segurança. Disse que o pacote do governo do Estado é um desastre e que vai prejudicar os serviços prestados a população na área de segurança, pois retira direitos dos servidores e isso traz, como consequência, a desmotivação da categoria e dos seus familiares.



Ortiz acredita que a paralisação é uma forma de pressionar o governador Eduardo Leite a voltar atrás no pacote de medidas e aproveitou para criticar a isenção de impostos.


Informações: Uirapuru

 

clicRBS

Últimas notícias

Carregando...

       PREVISÃO DO TEMPO
booked.net
     COTAÇÃO AGRÍCOLA

Top5

1Felipe Araújo feat Ferrugem
Atrasadinha
2Gusttavo Lima 
Zé da Recaida
3Wesley Safadão
Só Pra Castigar 
4Luan Santana
Sofazinho
5Humberto e Ronaldo part. Jerry Smith
Não Fala não pra mim
 Dicas de Filmes
                          Receitas
 Saúde e Bem Estar


Tenha também o seu site. É grátis!